Quase um terço das travessias da capital não está a uma distância mínima de cinco metros de lugares de estacionamento, como é exigido por lei.

Um total de 472 passadeiras para peões está a violar os requisitos mínimos estabelecidos no Código da Estrada, e a localização de outras 162 não está suficientemente clara, de acordo com um estudo do Centro de Estudos Urbanos (Zentrum fir urbano Gerechtegkeet – ZUG), que analisou 1.787 travessias deste tipo na Cidade do Luxemburgo.

Full article

Leave a Reply

Your email address will not be published.